da direita para a esquerda



Tomás Jorge, David Mestre, Carlos Pacheco, Francisco Soares

Comentários

Félix Ramos disse…
juventude, divino tesouro.
20 anos não é nada!