praça dos fuzilados 1

Comentários

Marta Vasil disse…
Nestas fotos, aos poucos e poucos vamos viajando por aqui e por ali, reparando em pormenores que talvez nos escapassem ao nosso olhar se fizéssemos mesmo essas viagens.

É sempre com imenso prazer que por aqui passo e que por aqui vou ficando.

Será que o esfarelamento da parede é mesmo o que estou a pensar?

Beijinho
soantes disse…
É. Fuzilavam ali os inimigos derrotados durante a Guerra Civil espanhola. À porta da Igreja, sob o olhar inocente dos meninos gordinhos que faziam de anjos barrocos na mesma pedra mais acima. O "esfarelar" é o do tempo a esvanecer os buracos das balas que se cravavam ali depois dos corpos ou entre eles. As pombas inocentes vão por ali roendo restos entre as pedras do chão.